Busca
No SMetal

Dia da Mulher Negra: evento terá rodas de conversa; conheça os temas

Feminismo negro, saúde mental da mulher e a inserção feminina no mercado de trabalho serão os temas debatidos durante a atividade, que acontece no dia 30 de julho (sábado), a partir das 10h, no SMetal

Imprensa SMetal
Divulgação
A atividade acontece na sede do SMetal no dia 30 de julho, começa às 10h e é promovida pelo Coletivo Racial do SMetal e da Nossa Voz Afro

A atividade acontece na sede do SMetal no dia 30 de julho, começa às 10h e é promovida pelo Coletivo Racial do SMetal e da Nossa Voz Afro

Feminismo negro, saúde mental da mulher e a inserção feminina no mercado de trabalho e empreendedorismo serão os temas das rodas de conversa do evento em comemoração ao Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, no próximo dia 30 de julho. A atividade começa às 10h e será realizada na sede do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal), próxima à Rodoviária da cidade.

Será um dia inteiro de atividades abertas ao público e com entrada gratuita. Além das rodas de conversa, haverá oficinas práticas de tranças, turbantes, maquiagem básica e dança afro (saiba mais); exposições; apresentações culturais e barracas de alimentação e produtos afro.

O tema “Saúde Mental da Mulher” será abordado pela psicóloga Elaine Machado. Ela é mestra em Educação pela UFSCar/Sorocaba, atua no Coletivo Dembwa e tem experiência no atendimento clínico com perspectiva da psicologia africana.

Para debater “Mulher no Mercado de trabalho e empreendedorismo”, as convidadas são Rosana Aparecida da Silva, Secretária de Finanças da AFUSE (Sindicato dos Funcionários da Educação do Estado de São Paulo), e Aline Vitoria Tarcisio, aluna do 1° semestre de Engenharia de Produção na Facens e menor aprendiz na empresa Clarios, no setor de Qualidade. Rosana também é sócia-fundadora da entidade “Negra Sim – Movimento de Mulheres Negras de Santo André” e Secretária de Combate ao Racismo da CUT-SP.

Já a roda de conversa sobre “Feminismo Negro” ficará por conta da DJ, poeta e produtora de conteúdo, Bianca Brandini. A artista é organizadora do Slam 015, co-fundadora da Casa Janete e DJ em Minavoz. Os horários e a ordem das atrações do evento serão divulgados em breve, no Portal SMetal e nas redes sociais da entidade.

A atividade é promovida pelo Coletivo Racial do SMetal e da Nossa Voz Afro. O SMetal fica na rua Julio Hanser, 140, bairro Lageado – próximo à Rodoviária de Sorocaba e ao terminal São Paulo.

Sobre a data

O Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha é comemorado em 25 de julho. A data foi instituída no 1º Encontro de Mulheres Afro-latino-americanas e Afro-caribenhas, na República Dominicana, em 1992.

A intenção do dia é dar visibilidade à luta das mulheres negras contra a opressão de gênero, a exploração e o racismo. A líder quilombola Tereza de Benguela é a homenageada na data aqui no Brasil.

Tereza de Benguela, a grande homenageada do Dia da Mulher Negra, Latina e Caribenha, foi uma líder quilombola que ajudou comunidades negras e indígenas na resistência à escravidão no século XVIII.

tags
atividade caribenha coletivo conversa Feminismo mulher negra negro preta Roda sábado saúde sindicato SMETAL tema
VEJA
TAMBÉM